quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Sinais de Fracasso

“O seu diferencial no atendimento depende do quanto você se empenha para destacar aos clientes cada detalhe da empresa, produtos e serviços”. A frase é do prof. Randes Enes da FGV e compartilho nesta semana, pois qualificar o atendimento é desafio diário de todos nós, na busca pela melhoria contínua dos nossos negócios e da vida das pessoas com as quais nos relacionamos.

 

Lendo um texto do professor Randes Enes, da FGV, que considero muito pertinente, decidi compartilhar com os amigos leitores para que também o façam com seus colegas, para que todos possam auxiliar uns aos outros, quando eventualmente aparecerem estes e outros sinais similares. Segundo Randes, os sinais de fracasso são os seguintes:

1-                  Quando você comete um erro e diz: “Mas a culpa não foi minha!”

2-                  Quando você (ou alguém pensa) “Mudar? Para quê? Isso sempre foi assim...”

3-                  Quando o seu superior imediato, ou seu colega de função tem talento e você, em vez de buscar sinergias com eles, busca defeitos.

4-                  Quando você entende que os seus insucessos foram causados pelo azar.

5-                  Quando você já falou assim: “ ...Olha, mas tem muita gente pior que eu...”

Analisando as posturas pessoais, os pensamentos e as falas de profissionais de diferentes áreas, muitos destes pontos estão presentes com certa frequência e justamente em situações que não tiveram bons resultados, não é mesmo?

Para que possamos estar atentos a estes sinais, e evitá-los em nossas vidas e nossas equipe, é fundamental uma disciplina individual e também uma ajuda mútua e coletiva para que possamos todos ter um entendimento diferente das responsabilidades com o que ocorre com a vida, a carreira e os negócios de cada um, conseguindo gerar atitudes com maior poder pessoal de cada profissional.

 

Administrando o tempo do vendedor

                O tempo é um dos recursos mais valiosos para os profissionais de vendas e administrá-lo bem, é uma das melhores maneiras para prosperar. É preciso dividir o tempo em Preparação, Administração, Vendas, Alimentação e repouso, Viagens e Espera. As pesquisas mostram que em média, o vendedor passa mais de cinco horas por dia em alguma forma de venda, entre as quais a visita de vendas. A distribuição de trabalho normal de 46,9 horas média/semana/mês seria de aproximadamente a seguinte:

- Venda pessoal (face a face) - 14,3 horas, ou 31% do tempo;

- Venda por telefone – 11,6 horas, ou 25% do tempo;

- Esperando ou viajando – 8,5 horas, ou 18% do tempo;

- Tarefas administrativas - 7,2 horas, ou 15% do tempo;

- Visitas de vendas – 5,3 horas, ou 11% do tempo;

                Todas estas são tarefas fundamentais para o processo de vendas e portanto intrínsecas do trabalho dos profissionais da área. Assim, é fundamental realizá-las considerando os parâmetros citados e adequados à realidade de cada região de atuação, produtos comercializados, características do cliente, dentre outros. Estruturando bem a distribuição do tempo e utilizando bem o tempo para cada tarefa, a produtividade vai seguramente, gerar melhores resultados para a sua empresa e para os profissionais.

 


                Desejando a você e a sua equipe melhores vendas, um abraço e até a próxima semana!

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Marcelo, teneho acompanhado muito o seu blog e as suas dicas tem sido importantes para eu continuar dando apoio no negócio da minha esposa. ( www.chocolitos.com.br )

    Obrigado,

    Lelê Garofle

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...